Os portugueses têm de salvar-se de si próprios, para salvarem Portugal

quinta-feira, 3 de maio de 2007

1045. Portinari - "Plantador de café"

Plantador de café
Portinari
1934
Óleo s/tela
Museu de Arte de São Paulo Chateaubriand

Cândido Portinari - o pintor brasileiro que mais admiro - nasceu em Brodovski, em 29.12.1903 e faleceu no Rio, em 6.01.1962.

Pintou quase cinco mil obras de todos os géneros, desde meros esboços a
murais gigantescos Foi o pintor brasileiro de maior notoriedade a nível mundial.

Nasceu numa fazenda de café, Santa Rosa, no interior de São Paulo, filho deimigrantes italianos. Foi o segundo de uma dúzia de filhos. A família era humilde, pelo que, a nível de instrução, se ficou pelo ensino primário. Desde criança manifestou sua vocação artística. Aos seis anos começou a desenhar e aos nove participou nos trabalhos de restauração da igreja de Brodowski, ajudando os pintores italianos.

Em 1918, mudou-se para São Paulo, onde ingressou no Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo. Matriculou-se na Escola de Belas Artes, onde estudou desenho e pintura. Em 1922, executou um retrato para o Salão de Belas Artes e ganhou medalha de bronze pelo seu trabalho.

...

2 comentários:

Eduardo P.L. disse...

Amigo Ruvasa, o Portinari era um grande artista, mas tens de conhecer outros bons pintores brasileirostambém! De qualquer forma em nome das artes brasileiras meus cumprimetos pela postagem. Eu aqui posto Portugueses e vc aí posta brasileiros. Esta bem assim!Forte abraço.

Ruvasa disse...

Viva, Eduardo!

Só espero que Você, amigo, me dê palpites sobre mais alguns. De imediato aqui os postarei.

Abraço grande

Ruben