Os portugueses têm de salvar-se de si próprios, para salvarem Portugal

sexta-feira, 13 de julho de 2007

1181. Carta de uma mulher em desespero


Gentileza de D. Pereira
...

10 comentários:

AC disse...

Esse gajo não se quer mudar para a rua de s. bento?
Cpts

azurara disse...

E será isto caso para consulta médica? Não se resolveria com um açaime ou coisa assim?

Paulo Sempre disse...

Risssssssssssssssssss, estranha forma de vida!!!
Abraço
Paulo

Ruvasa disse...

Boa....
Dá para animar...................................as eleições. rsrsrsrsrsrs.
Existem candidatos que se prestam a tudo - Santo Deus.
Um abraço e bom fim de semana.
dp

Ruvasa disse...

Viva, Amigo!

É verdade. ó não digo que se tornam ridículos, porque ridículos já eles eram antes...

Abraço

Ruben

Ruvasa disse...

Viva, AC!

Era uma ideia simpática e... desopilante para nós, lá isso era!...

;-)

Abraço

Ruben

Ruvasa disse...

Viva, Agnelo!

Deixe-o lá! Afinal, o homem é capaz de andar a tentar equilibrar as coisas. Como a gente cada vez faz menos, faz ele mais, em jeito de compensação.

Terá é que tirar o preservativo e não se enganar no acesso, caso contrário a natalidade - que já está em 1,36%(!!!!!!) - não subirá "de jeito maneira", como dizem os brasileiros!

Abraço

Ruben

Ruvasa disse...

Viva, Paulo!

Mas animada e divertida, temos que concordar!...

Abraço

Ruben

Eduardo P.L. disse...

Ótima. Maravilhosa.
Tem muita esposa invejando esse marido....

Ruvasa disse...

Viva, Eduardo!

Pois tem, sim. A minha, por exemplo, I presume.

;-)

Abraço

Ruben