Os portugueses têm de salvar-se de si próprios, para salvarem Portugal

quarta-feira, 30 de julho de 2008

1673. O confrade Caldeira

Pelo interesse de que se reveste, não resisto a trazer para aqui o link para um post de António Balbino Caldeira, no seu Do Portugal Profundo.

Este link aponta para um único post. No entanto, a ideia que - dito de forma muito genérica - se debruça sobre o post-socratismo, só ficará integralmente compreendida se se lerem os anteriores e os que se lhe vão serguir.

Com o link, aqui fica um abraço ao António, não somente pela coragem, mas pela lucidez e a não desistência, num contributo inestimável para um Portugal mais consentâneo com as necessidades mais elementares do seu povo, mas, acima de tudo, muito mais digno.
...

6 comentários:

Ashera disse...

Obrigada amigo Ruben
Fiz questão de "linkar" também, creio que temos mais anos de governação Socialista se tivermos em conta quem é o "PAI" deste "m€rdalhoco-Socratino".
Já agora, deixo aqui uma petição, que nunca teve respostas, proponho voltar à carga:
http://www.petitiononline.com/criancas/petition.html
Estejas bem sempre
Beijos

Ruvasa disse...

Viva, Lurdes!

Sim, vale a pena linkar o António.

É dos bloguistas mais corajosos e consequentes que por aí andam.

Vou ver a tua petição.

Beijos para ti também.

Ruben

Camilo disse...

Só hoje consegui abrir o seu Bogue, através do link do meu.
Mistérios do caraças!!!

Ruvasa disse...

Viva, Camilo!

Qual é o browser que usa? O Internet Explorer? Então é isso.

Se mudar para o Firefox acabarão os problemas. A versão actual é a 3.0.1.

Pode ir buscá-lo aqui:
http://www.mozilla-europe.org/pt/

Trata-se de um browser muito mais seguro e sem os bugs que o Internet Explorer tem.

Se n~ºao quiser o Firefox, tamb+em pode experimentar o Safari, da Apple, ou o Opera. Qualquer deles não tem problemas nenhuns e são mais leves e seguros. O Internet Explorer tem muitas falhas, sendo fácil de ser "pirateado".

Abraço

Ruben

António Balbino Caldeira disse...

Caro Ruben

Obrigado pela solidaridade de sempre, Amigo. Esforço-me.

Acho que importa preparar o futuro com tempo e cuidado porque este já está acabado...

Um abraço.

Ruvasa disse...

Viva, António!

Nada tem que agradecer.

Dá-se solidariedade a alguém porque esse alguém a mereceu.
Logo...

A menos que ela seja dada por equívoco. Não é o caso.

Se alguém de nós ambos tem algo a agradecer, esse sou eu. A sua luta é a luta de todos nós, portanto a minha também. Vou fazendo o que posso e reconhecendo que o António faz indubitavelmnente mais. Muito mais. Logo, de novo...

Oxalá esteja acabado. Há que retomar o caminho da dignidade.

Abraço igual, companheiro.

Ruben