Os portugueses têm de salvar-se de si próprios, para salvarem Portugal

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

1909. Alguém me recorda, por favor?...






O Presidente da República de então,
o conhecido cidadão Jorge Sampaio,
demitiu o governo liderado por
Pedro Santana Lopes
porquê, porquê?


Quais foram os fundamentos invocados,
que já não recordo, quais foram?
...

4 comentários:

azurara disse...

Tenho uma vaga ideia ideia. Foi qualquer coisa acerca de ter ido a uma discoteca. Ou então foi uma soneca que dormiu na Moda Lisboa. Já foi há tanto tempo que...
Mas quase posso jurar que não foi por nenhuma negociata.

Ruvasa disse...

Viva, Agnelo!

Ah, bem!... Obrigado. Que esquecido que eu ando...

Abraço

Ruben

Isabel Magalhães disse...

Ruben;


Somos muitos a não recordar...

Negociatas não havia; os professores não foram arrastados pelas ruas da amargura; funcionários públicos iden iden aspas aspas; o serviço nacional de saúde estava bastante melhor do que agora; Pedro Santana Lopes não havia prometido criar 150.000 empregos; Pedro Santana Lopes não tirou aos pobres para dar aos ricos...

Vou ficar por aqui; o actual PM e este (des)governo m'emerdent...!

Abraço e bom fim de semana.

I.

Ruvasa disse...

Viva, Isabel!

Ena, que radical!

Ils m'emerdent aussi. Ils me gênent d'être si bien écoeuré.

Abraço

Ruben