Os portugueses têm de salvar-se de si próprios, para salvarem Portugal

quinta-feira, 2 de julho de 2009

2404. Assim ou assado, Vieira já perdeu...

O Estado da 'nação'... benfiquista

No dia em que o País político vai estar a discutir o estado da Nação as implicações da crise e a julgar a governação de José Sócrates e a oposição de Manuela Ferreira Leite, há uma outra "nação" em estado de sítio. O último grande debate da legislatura é assim "abafado" pela discussão à volta da democracia benfiquista.

Batalhas jurídicas à parte, com os interesses que as movem, Luís Filipe Vieira podia ter evitado o vexame de agora ser visto como um candidato à margem da Lei. O facto de o ainda presidente do Benfica ter antecipado as eleições, originalmente marcadas para Outubro, revela receios (sobretudo desportivos, porque aquando dos factos não existia concorrência eleitoral), quando, se calhar, nada o justificava.(...)

Hoje a sua candidatura à presidência do Benfica está nas mãos de advogados e de um juiz. E Vieira podia ter evitado isto tudo, bastando para isso que tivesse percebido que tinha trabalho feito e de ter ouvido todos os especialistas antes de decidir a demissão conjunta dos órgãos sociais e a antecipação eleitoral. Foi isso que fragilizou Vieira, e é por isso que, mesmo que vá a votos e ganhe, a sua imagem poderá sair danificada.

DN 2009.07.02

* * *

Direi mesmo mais: "ofereceu" mais uma derrota ao Benfica. Irremediavelmente. Derrota bem maior do que as do relvado. Porque derrota da dignidade benfiquista.

...

1 comentário:

Teresa disse...

Olá Ruben
Não percebo nada de futebol, por isso venho aqui só para lhe dizer que tem um desafio para si no meu blogue, tal como prometi ontem.
Abraço