Os portugueses têm de salvar-se de si próprios, para salvarem Portugal

sexta-feira, 25 de abril de 2008

1520. A preocupação de Sexa Presidente da República

No discurso que hoje proferiu na Assembleia da República, SEXA o Presidente da República, de seu nome Aníbal António Cavaco Silva, manifestou-se muito preocupado com a ignorância dos jovens acerca do 25 de Abril e do alheamento dos mesmos jovens quanto à política.

Para ilustrar estes factos e aquela sua funda preocupação, referiu alguns dados de um estudo que teria encomendado à Universidade Católica, que terá dado como resultado esta verdadeira aberração.

Foram colocadas a variadíssimos jovens as seguintes perguntas:

1 - Quantos são os Estados que fazem parte da União Europeia?

2 - Quem foi o 1º Presidente da República Portuguesa, eleito após o 25 de Abril?

3 - O Partido Socialista detém ou não maioria absoluta na Assembleia da República?

Entre os resultados, surgiram os seguintes:

- 1/2 (metade, ou seja, 50%, isto é 5 em cada 10) dos inquiridos, com idades compreendidas entre os 15 e os 19 anos, NÃO SOUBERAM RESPONDER A NENHUMA DAS PERGUNTAS;

- 1/3 (um terço, ou seja, 33%, isto é, mais de 3 em cada 10) dos inquiridos, com idades compreendidas entre os 18 e os 29 anos, NÃO SOUBERAM RESPONDER A NENHUMA DAS TR~ES PERGUNTAS.

Desconsolado, SEXA,num discurso de alto nível e fervor patriótico, raramente observado entre políticos portugueses, rematou, categórico:

Um regime político não pode esquecer as suas origens” (...) “não é saudável que a nossa democracia despreze o seu código genético e as promessas que nele estiverem inscritas”.

* * *

Daqui, deste lugar humilde onde escrevo, saúdo as sábias e ponderadas palavras de SEXA. Estou, na verdade, absolutamente de acordo e em total sintonia com o sentir do maior, mais alto e mais comprido magistrado da Nação, ao exprimir tais nobilíssimos sentimentos e tão patrióticas preocupações. Tem toda a razão SEXA. É uma vergonha a que há que pôr cobro de imediato.

Mas, se me é permitido, atrevo-me a ir um pouco mais longe, isto sem querer, de modo nenhum, ultrapassar tão alto e esclarecido dignitário. Não neste post, mas no que se vai seguir.
...

4 comentários:

Isabel Magalhães disse...

Ruben;

'So far so good'. :)

Fico, então, à espera do segundo capítulo.

Continuação de um feriado.

[]

I.

Ruvasa disse...

Viva, Isabel!

O pior é o resto!...

[]

Ruben

Ashera disse...

O resto??
Depois de me (obrigar) a assistir hoje : 25 de abril 2008 ao programa que a RTP apresentou , sem vergonha nenhuma, fico a pensar quantos aplaudiram, quantos choraram de emoção, quantos acreditam que não andam "aos Cavacos"!
Ai amigo ruben
Tudo isto é mentira
Tudo isto me cansa profundamente..(de hoje falando)...
Estejas bem...
Beijos

Ruvasa disse...

Viva, Ashera!

Eu já não tenho pachorra para ouvir aquela gente.

Limitei-me a respigar do discursata de SEXA a parte referente ao estudo encomendado (já reparaste que a nível político, em Portugal, é tudo encomendado?) e às preocupações de SEXA, acabadinho de chegar de Gronelândia, onde estava desde 1950, e aterrorizado com o que a classe política fez ao país.

Beijos

Ruben