Os portugueses têm de salvar-se de si próprios, para salvarem Portugal

quarta-feira, 18 de junho de 2008

1569. Vamos virtualmente "tertuliar"?

O

e o



o primeiro do Eduardo Lunardelli, de Piacaba, Santa Catarina, Brasil, e o segundo do lisboeta Jorge Pinheiro, conheceram-se há pouco em Lisboa e, palavra puxa palavra, ideia gera ideia, lá acabaram por se conluiar e combinar uma tertúlia virtual, a verificar-se a cada dia 15 de cada mês futuro.

A ideia parece ser que, nesse dia - que se pretende perpetuar ad aeternum - eles e mais os bloguistas que a isso se disponham, publiquem em simultâneo um texto/imagem (ou apenas um dos dois), subordinados a tema previamente anunciado.

O tema para o próxima tertúlia - 15 de Julho - é "O melhor lugar do mundo" e a liberdade criativa é total. Na sua perspectiva, "o melhor lugar do mundo" tanto pode ser físico como imaterial, sensorial como imaginário, enfim, o que lhe der na realíssima gana.

Com tal liberdade de acção, de imaginação, de "desbunda" (???), imagine lá até onde poderá ir!...

Quer vir daí?

Inscreva-se junto de um ou de outro, tanto faz...

Aí ficam os links:

8 comentários:

Eduardo P.L. disse...

VIVA, caro Ruben!

melhor "propagandista" (palavrinha velha, e fora de moda!) não conheço.
Muito obrigado pela "força"!
Contamos com sua valiosa e honrosa participação, e de TODOS seus AMIGOS e AMOGAS.Quanto mais gente aderir, melhor fica a brincadeira!

Forte abraço

Ruvasa disse...

Viva, Eduardo!

Go forward! I'll follow you!

Abraço

Ruben

Isabel Magalhães disse...

Ruben;

Mas que belo projecto. Os autores estão de Parabéns pela iniciativa, Alô Eduardo, há quanto tempo! :) Alô também ao Jorge Pinheiro que penso não ter o prazer de conhecer.
Vou equacionar se consigo tirar algum tempinho ao tempo que já não tenho e depois informo.

Abraço a dividir.

I.

expressodalinha disse...

Obrigado Ruben. Consegui cá chegar. Agora vai ter de me aturar. Estamos a criar uma verdadeira "rede social". Abraço.

Ruvasa disse...

Viva, Jorge Pinheiro!

Vim para a Blogosfera para aturar gente e para que gente me aturasse. Logo...

Por vezes aparecem alguns que nem o Menino Jesus é capaz de aturar, mas isso são coisas próprias do género humano e a esses a gente trata de os reconduzir ao lugar que julgamos pertencer-lhes.

Apareça sempre que eu esforçar-me-ei por fazer o mesmo.

Abraço

Ruben

Ruvasa disse...

Viva, Isabel!

Então, tire lá ao tempo que jáq nºão tem todo o tempinho que for possível, porque o projecto parece valer a pena, porque a ideia é boa e o Eduardo oferece garantias de êxito e de bpm convívio. Quanto ao Jorge, não sei, porque estou a começar a conhecê-lo também. O que vi até agora, porém, não me desagradou; muito pelo contrário.

Venha em frente... que atrás vem gente... e consigo pode-se contar.

Abraço

Ruben

expressodalinha disse...

Isabel, peço desculpa não reparei no seu comentário que agradeço. Se puder participar era óptimo. Quanto mais diversificação e sensibilidades diferentes melhor.

Isabel Magalhães disse...

expressodalinha;

Já passei pelo seu espaço e deixei um comentário. Foi um enorme (a sério!) prazer encontrar um munícipe do meu concelho.

Esta blogosfera são 3 assoalhadas. eheheh!

[] de Linda-a-Velha

I.