Os portugueses têm de salvar-se de si próprios, para salvarem Portugal

domingo, 3 de agosto de 2008

1692. A sinalização de blogues

Doc 1

click para ampliar



Na "barra de navegação" (navbar) do Blogger existe um botão, com a designação de "assinalar blogue" ou "sinalizar blogue" (flag) que, no fundo, outra função não tem verdadeiramente do que, como o próprio Blogger reconhece na sua Ajuda (help), a de possibilitar que qualquer bloguista que entenda que o blog que está a visitar não lhe agrada, possa do facto dar conhecimento ao Blogger, para que tome as providências que julgue adequadas (cfr. doc 1), as quais antecipadamente ninguém sabe quais possam ser, pelo que permitem todas as arbitrariedades.


Esta preocupação do Blogger pelo bem-estar dos seus clientes seria muito louvável - e até de muito aplaudir - se não levantasse problemas de outra índole e bem mais graves tanto para a comunidade bloguista, e mesmo para além dela, do que um simples incómodo que, por muito justificado e honorável que se revele, em nada se assemelha com o que constitui grave atentado contra a liberdade de expressão, que deve constituir valor cimeiro das preocupações de qualquer sociedade que se pretenda democrática.





Doc 2

click, para ampliar




E por que digo isto? Pela razão simples de que qualquer cidadão pode, com um corriqueiro e aleatório click, colocar um blog, ainda que muito respeitável, sob suspeita infamante.


Mas tal situação não acontece por um simples click de um único cidadão - ser-me-á dito, para contrariar o meu "irrazoável alarmismo" - pelo que, sendo necessário um certo número de clicks- não especificado, aliás - e de diferentes pessoas, como afirma o Blogger, (cfr. doc 2), a hipótese de de que aconteça qualquer abuso estará sempre salvaguardada.


Não esquecendo toda a consideração que me merece o Blogger, pelo espírito democrático que o enforma e de que tem dado inúmeras provas, ainda assim pedirei licença para discordar desta posição.


É que, sendo certo que não basta a vontade aleatória de um simples cidadão, se ele se constituir em grupo - de ninguém sabe de quantos membros... - aí o caso muda de figura . E não pode ser. Não pode mesmo ser, repito. Poderes discricionários e não vigiados acabam sempre mal. Muito mal mesmo.




Doc 3

click, para ampliar




Se algum blog não cumpre as regras da boa e sã convivência inter-pessoal ou mesmo inter-institucional, em sociedade que se afirme democrática, ou seja, não se conforma com regras escrupulosamente legais e legítimas que a sociedade impõe a si mesma, é saudável - e exigível - para o conjunto da mesma sociedade e de cada um dos cidadãos que a integra, que o titular do blog seja chamado à responsabilidade cívica e mesmo judicialmente perseguido. Mas apenas e tão só judicialmente. Actuar discricionariamente, portanto fora desse domínio, constitui abuso intolerável que não pode nem deve ser permitido.


Para facilitar a compreensão do que estou a dizer, seja-me permitido exemplificar, mas não sem antes chamar a atenção para o doc 3, que retirei do acesso ao blog O jumento, quando hoje ali quis entrar.


No aviso com que se depara quem ao blog pretenda aceder diz-se muito claramente que "alguns dos leitores deste blogue contactaram o Google porque acham que o conteúdo do mesmo é reprovável".


Nem sequer se diz quantos foram os leitores!

Nem sequer se consigna a razoabilidade encontrada no que "acharam de reprovável no conteúdo do blog"!

Nem sequer se esclarece qual "conteúdo"!

Mais elucidativo da não conformidade com os preceitos democráticos de uma sociedade livre e arejada não se pode ser.


Mas há mais:


Quem é que decidiu que um tal aviso "caracterizador" do blog devia ali ser colocado, para prevenir quem ali chegasse? E com que fundamentação o fez? Estas são questões a que o Blogger está obrigado a responder cabalmente.


Como disse atrás, a consideração que tenho pelo Blogger induz-me a considerar que a medida tomada o foi na melhor das intenções e com espírito aberto, até porque não se fechou o blog (nem se podia, aliás, sem mandado judicial), apenas se tendo ali colocado aquele aviso. Mas tal aviso é extremamente gravoso da dignidade de quem o sofre, porque queira-se ou não, é indelevelmente infamante. Mais ainda se se provar que nada no blog justifica a sua afixação. E ainda que justificasse... A justificação para tal afixação, porém, só pode ser dada por um tribunal, regular e legalmente constituído.


Vamos mais longe ainda.


A vingar esta tese, entraríamos no regabofe total.


Imagine-se, por um momento, que um certo número de membros de um partido político, de uma seita, de um clube de futebol, de uma associação de malfeitores, enfim! - que as há, como é sabido - entendia que determinado blog, embora noticiando verdades e/ou comentando-as, se tornava muito incómodo por destapar patifarias várias.


Como as coisas estão, bastar-lhes-ia que premeditadamente combinassem entre si e, um por um, "sinalizassem o blog".


Tanto bastaria - como bastou no caso do Jumento -, para que o Blogger, confrontado com um determinado número (e continuamos sem saber qual a sua real expressão...) de "sinais", decidisse, como decidiu, à sua entrada colocar um aviso que é, não tenhamos mesmo medo das adjectivações quando elas correspondem à verdade, realmente infamante, de tal forma que, por muito reparado que o seu autor venha posteriomente a ser, jamais do labéu se livrará.


Ora, situações destas, nitidamente configuradoras de uso ilegítimo de meios de poder não podem ser aceites em sociedades democráticas, em que, por vontade expressa dos cidadãos, regularmente manifestada nas urnas, o Direito e a Justiça se sobrepõem e "aniquilam" a arbitrariedade e a injustiça de grupos minoritários, normalmente adversários da Democracia.


Assim, é bem ciente de que este é assunto sumamente importante para a comunidade bloguística em que nos inserimos que solicito a todos quantos este post leiam, que o divulguem da forma que mais adequada julguem, inclusivamente por transcrição do texto para os seus próprios blogs, de forma a que chegue ao maior número de pessoas possível. É preciso alertar.


Por mim, além do que já fica feito, tentarei fazer chegar ao Blogger esta minha preocupação, entregando-lhe o texto, para apreciação e tomada de medidas que julguem adequadas.


Faço-o, repito, porque sou a entender que o Blogger e quem nele trabalha, demonstrou já, ao longo de anos, que é o espírito democrático que enforma o projecto, pelo que me recuso a admitir que a posição agora tomada não tenha sido resultante de um qualquer mero mal entendido que se quererá corrigir de imediato.


Ruben Valle Santos

Setúbal

Portugal

...

20 comentários:

Ashera disse...

Isto é muito mau da parte da Blooger!
Nem devia existir. É por estas e outras que me mudei para wordpress.
Espero que corrijam este "Erro" rapidamente.
Estou solidaria com o blog (Jumento).
Só revela que tem gente muito má nesta blogosféra, gente que não é gente!
Boa semana amigo Ruben
Beijos

Ruvasa disse...

Viva, Ashera!

É mau, sim. Muito mau mesmo.

Espero que eles corrijam o disparate.

Beijos

Ruben

Isabel Magalhães disse...

Ruben;

Apesar de já ter postado um pequeno texto de solidariedade para com o autor d'O Jumento vou criar um link para esta excelente abordagem.

Também espero que o assunto da 'bandeirinha' seja rapidamente revisto porque, assim, todos estamos à mercê de um qualquer 'inimigo de estimação' que resolva reunir 'reforços'.

Como blogger agradeço a sua intervenção em prol de uma melhor blogosfera.

Bj

I.

Ruvasa disse...

Viva, Isabel!

Nada a agradecer, amiga.

O interesse é de todos nós, pelo que temos que nos defender.

Bj

Ruben

José António disse...

,

Caro Ruben,

Excelente artigo.
Muito esclarecedor, não só para nós bloggers, mas para toda a gente que navega pelos blogs.

Esta funcionalidade do Blogger é um arma temível nas mãos de gente irresponsável e/ou mal intencionada.

Vou dar a divulgação possível.

Abraço

.

Ruvasa disse...

Viva, José António!

É. na verdade, necessário que todos estejamos alerta contra estas coisas quepodem por em causa trabalho e esforços de muitos e por muito tempo.

Obrigado pelo auxílio.

Abraço

Ruben

Isabel-F. disse...

é realmente uma falha grave do Blogger ...

oxalá a corrijam ...


bjs

Ruvasa disse...

Viva, Isabel!

Também espero que sim.

bjs

Ruben

disse...

Caro Ruvasa ,
primeira vez que venho aqui.Com que prazer encontro postagem tão esclarecedora e merecedora de toda atenção.Alertas como este é que nos fazem perceber quanta coisa passa desapercebida, mesmo para quem já faz parte desta blogosfera há algum tempo.
Espero corrijam logo esta possibilidade de interferência e mesmo de prejuizo para quem for apontado.Gostei muito de saber.
Um abraço e obrigada.

Ruvasa disse...

Viva, Ju!

Foi a primeira vez? Espero que a primeira de muitas, ok?

É muito desagradável esta situação da sinalização dos blogues.

Já enviei o texto do post para o Blogger, no sentido de que eles repensem a decisão, quie não está nada correcta. Uma coisa destas admite-se lá para a China - mas por pouco tempo - e pouco mais.

Abraço e volte sempre.

Ruben

expressodalinha disse...

Ao que parece, o BLOGGER baseia a sua decisão na aceitação das cláusulas quando abrimos o blogue. Estaremos, assim, perante um contrato de adesão que contém uma cláusula abusiva e pouco clara. Para além de tudo o que o Ruben disse, e bem, pergunto: e qual é o critério para tirar a sinalização? Quantas pessoas tem de se manifestar? Como é? Completamente discricionário? Penso que estes contratos tem de ser denunciados, em última análise ao MP nacional.

Ruvasa disse...

Viva, Jorge!

Exactamente. Com o barulho das luzes nem me tinha apercebido dessa.

É a completa discricionariedade.

Seja como for, a cláusula é uma aberração.

Abraço

Ruben

Ruvasa disse...

Viva, Jorge!

Por acaso não conhece nenhum blog de um dos "senhores" do Blooger ou de alguém das respectivas famílias?

Se souber, diga, que nós, os da Tertúlia, juntamo-nos todos e vamos buscar mais uns quantos e vá de clickar.

Gostava de ver a reacção... das forças da Reacção!

;-)

Abraço

Ruben

Ruvasa disse...

Viva, Jorge!

Certamente que nada tem que ver uma coisa com a outra.

Acontece, porém, um facto interessantíssimo que, diga-se, considero mera coincidência.

Até ontem, data em que enviei o texto do post para o Blogger, todos os quadros do Blogger me apareciam em Português, como, aliás, se pode ver pelas imagens que coloquei no post.

Emtão não é que hoje todos esses quadros me aparecem em Inglês?

Agora já não é um "Aviso sobre conteúdos" mas um "Content Warning".

What a laugh out loud ou, mais abreviadamente, lol!

Abraço

Ruben

Isabel Magalhães disse...

Essa de clicar na bandeirinha dos blogues de quem fez a partida ao 'JUMENTO' é de Mestre! :)))

Eu alinho!


Bj

I.

Ruvasa disse...

Viva, Isabel!

É só questão de saber quem foi...

Bj

Ruben

Eduardo P.L. disse...

Ruben,

parabéns por esta sua POSTAGEM. Já tinha visto esse CRIME contra o JUMENTO, e só ontem é que o Francisco Coelho me alertou para essa FERRAMENTA que qualquer um tem para fazer DENUNCIAS ao Blogger.
Mas se alguém se juntar a um bando de amigos e quiser fechar seu blog, eles se unem e com um click nessa ferramenta, conseguem, e criminosamente.
Precisamos divulgar esse perigo, e alertar para que isso seja coibido. Uma coisa é PEDOFILIA outra é DENUNCIAS VAZIAS, feitas por irresponsáveis, ou INIMIGOS VIRTUAIS...
Vou REPRODUZIR esta sua postagem no DROPS e no VARAL. E esse poderá ser um BOM TEMA para a TERTÚLIA VIRTUAL, oportunamente!

Forte abraço,

Ruvasa disse...

Viva, Jorge!

Essa cláusulas, fazem-me lembrar as das letras miudinhas dos contratos dos seguros. É certo que não se trata da mesma coisa - entenda-se mesmo negócio -, mas lembram-me...

O critério? Certamente o de quem estiver de serviço, lá no Blogger.

Estou curioso de saber o que é que eles vão fazer. É que enviei-lhes o post.

Desde então, ando de mãos postas e joelhos no chão, rezando para que não apareça o aviso infamante na ante-câmara do meu blog.

Abraço

Ruben

expressodalinha disse...

É um contratode adesão, como aqueles dos seguros com letras pequeninas que ninguém lê. São proibidos por lei. Não sei é estamos perante um caso desses. Era caso para pedir parecer ao Marcelo que desde que se pague diz sempre o que queremos ouvir!

Ruvasa disse...

Vivam todos!

Qualquer coisa se passa com a cauxa de coment+aerios deste post.

Tenmho comigo a notificação de comentários aqui metidos, que aqui não chegam.

Curiosamente - ou talvez não - tal sucede APENAS neste post. Por que será?

Posso apointar um comentário do Eduardo, do "Varal de Ideias", de ontem, que nunca aqui chegou e outro do Jorge, do "Expresso da Linha", este inserido, segundo a notificação que recebi, às 20,01 horas. Outros que ele inseriu mais tarde noutros posts, já chegaram.

Abraços para todos

Ruben