Os portugueses têm de salvar-se de si próprios, para salvarem Portugal

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

1789. Num bar "hi-tech"

Um sujeito entrou num bar novo, hi-tech, e pediu uma bebida.


O barman, um robot todo prestimoso, perguntou:

- Qual é o seu QI ?


- 150 !


O barman serviu-lhe um cocktail perfeito e iniciou uma conversa sobre o aquecimento planetário global, espiritualidade, física quântica, interdependência ambiental, teoria das cordas, nanotecnologia e por aí fora.


Claro que o tipo ficou impressionado e resolveu testar o robot. Saiu, deu a volta ao quarteirão e regressou. Uma vez mais, o robot perguntou:


- Qual é o seu QI ?


- Deve ser 100...


Imediatamente o robot lhe serviu um whisky e desatou a falar, agora sobre futebol, fórmula 1, super-modelos, comidas mais apreciadas, armas, mulheres e por aí.


O homem ficou abismado e resolveu fazer novo teste. Saiu novamente do bar, deu uma volta sobre si mesmo e regressou, passados segundos:


- Qual é o seu QI ?


- Uns 75, acho !


Então o barman serviu-lhe uma pinga de vinho, inclinou-se no balcão e disse pausadamente... muito pausadamente mesmo:


- E atão, ó mê, com'é qu'é ? P'ró ano botamos no Sousa ótra vez, ó quê ?!


Gentileza de Tira Nódoas


* * *


Peço desculpa, mas duvido muito desta história.


Porquê?


Porque, sinceramente, não me estou a ver a discutir física quântica ao balcão de um bar, por muito hi-tech que seja! E ainda por cima com um robot de que nem sequer conheço as origens. Ná!...

...

8 comentários:

Ana disse...

Isto só prova que há certos factos que nem aos robots escapam:)))

Abraço

Ruvasa disse...

Viva, Ana!

Pois... os robots não são parvos, não senhora. A inteligência é artificial, sim, mas... funcemina! ;-)

Abraço

Ruben

expressodalinha disse...

O que é um bar?

al cardoso disse...

Tambem nao sou muito frequentador de bares, por isso decerto algo do genero nao se passaria comigo!

Um abraco de amizade dalgodrense.

Ruvasa disse...

Viva, Al!

;-)

Abraço igual

Ruben

Ruvasa disse...

Viva, Jorge!

Ao certo, ao certo, não sei.

Desde os 25 anos que não ponho os pés num... e antes também não sabia, pois que não estaria nas melhores condições para fazer uma avaliação...

Abraço

Ruben

Isabel Magalhães disse...

Ruben;

Estou em crer que é por isso que o nível de exigência do ensino em Portugal é cada vez menor para que cada vez mais analfabetos funcionais possam votar nos 'sousas' da vida.

Bj

I.

Ruvasa disse...

Viva, Isabel!

Tá a ver... tá a ver?...

Bj

Ruben