Os portugueses têm de salvar-se de si próprios, para salvarem Portugal

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

1967. Marialvismos passados gayismos presentes

click, para ampliar
...

3 comentários:

acqua disse...

Boa tarde, tudo bem, a tarde está lindo e eu estou num momento poético de ser e chão que deu uvas pra mim nesse instante representa que é tempo de silêncio e de fazer versos. Nada mais...
Abraços meus

Ruvasa disse...

Viva, acqua!

Fazer versos em tarde linda é execelente opção. Mais ainda quando os versos são como os que por lá li.

Abraços meus também, em retribuição dos seus.

Ruben

€sterança disse...

Caro Ruben,

Sua visita muito me alegrou, por saber-me compreendida por alguém do meu tempo!
Apesar de eu ser uma saudosista incorrigível, tenho os pés bem fincados no presente e com muitos projetos para o futuro.
Como você apropriadamente disse, recordar é estimulante tanto quanto viver o presente e olhar o futuro.

Abraço-o afetuosamente,

Ester.