Os portugueses têm de salvar-se de si próprios, para salvarem Portugal

quarta-feira, 25 de abril de 2007

1020. Coerência de uns, dignidade de outros - 1


A partir de hoje e por questão de coerência, quotidianamente e como primeira tarefa do dia, passarei a publicar este cartaz no blog.

Até um dia em que...

(Se se sentir tentado(a) a fazer o mesmo, não hesite; pode "roubá-lo" e publicá-lo também. A nossa causa é comum)
...

6 comentários:

Isabel Magalhães disse...

25 de Abril de 1974

Esta é a madrugada que eu esperava
O dia inicial inteiro e limpo
Onde emergimos da noite e do silêncio
E livres habitamos a substância do tempo

Sophia de Mello Breyner Andresen

Sulista disse...

Ehehehehehh...APOIADO!!!!


;-)


Beijinho
Bom 25 de Abril!

Ruvasa disse...

Viva, I.!

E, como todas as madrugadas, deve ser um despertar para a liberdade.

[]

Ruben

Ruvasa disse...

Viva, MJoão!

Eheheheh!

Beijinho

Ruben

Ruvasa disse...

Caro Ruben

Alguém disse:
"Se não estiveres de acordo, ao menos sê leal; Respeita-te a ti próprio..."

Aqui está o meu amigo Ruben a ser coerente com a cidadania que apregoa. Acho bem o cartaz.

Um abraço.

AAlves

Ruvasa disse...

Viva, Alves!

Alguém tem que ser coerente,não é?

Ao menos coerente, que, quanto ao resto, já nem digo nada...

Abraço

Ruben