Os portugueses têm de salvar-se de si próprios, para salvarem Portugal

sexta-feira, 11 de maio de 2007

1063. Viu a Maddie?

* Você viu a Maddie?
* ¿Ha visto usted Maddie?
* Have you seen Maddie?
* Avez-vous vu Maddie?
* Haben Sie Maddie gesehen?
* Lei avete visto Maddie?
* Hebt u Maddie gezien?

* * *

* Sim? Então deve contactar...
* ¿Sí? Entonces usted debe contactar...
* Yes? Then you should contact...
* Oui? Alors, il faut contacter...
* Ja? Dann sollten Sie kontaktieren...
* Sì? Poi lei dovrebbe contattare...
* Ja? Dan zou u moeten contacteren...

+351 289 884 500
+351 282 405 400
+351 218 641 00
+351 112

* * *

* Madeleine McCann, de 4 anos de idade, está desaparecida desde 3 de maio
* Madeleine McCann, de 4 años de edad, se perdiò desde que 3 de mayo
* Madeleine McCann, 4 years old, is missing since May 3rd.
* Madeleine McCann, agée 4, est perdue depuis le 3 mai
* Madeleine McCann, 4 Jahre alt, ist seit 3. Mai verloren
* Madeleine Mc
Cann, 4 anni, è persa dal 3 di maggio
* Madeleine Mc
Cann, 4 jaren oud, is sinds 3 mei verloren

* * *

* Por favor, ajude!
* ¡Por favor, ayuda!
* Please, help!
* Aidez, s'il vous plaît!
* Bitte hilft!
* Aiuta per favore!
* Help alstublieft!

...

10 comentários:

Klatuu o embuçado disse...

Mundo miserável!

P. S. Duvido que a menina ainda se encontre em território nacional.

Ruvasa disse...

Viva, Klatuu!

Também eu duvido.

Aliás, há imensas coisas que não percebi, embora reconhecendo que, em situações destas, não há que que divulgar demasiado.

Abraço

Ruben

macvalle disse...

Só quem é muito ingénuo poderá pensar que à pequena inglesa poderá não ter acontecido nenhum mal maior. Infelizmente a nossa sociedade mudou muito em termos de perigosidade e criminalidade. Por cada 5 imigrantes que recebemos, o mais provavel é que 1 tenha antecedentes criminais e reensida nessa vida. Precisamos de Imigrantes sim senhor, até acho que o estado devia dar cursos de português intensivo para podermos aproveitar o "know how" dos verdadeiros drs. e engs. que recebemos. Em contrapartida devemos fazer como algumas nações tem feito aos nossos emigrantes. Ao 1º crime são repatriados e proibidos de voltar.
Segunda questão, o cinema e a televisão dos nossos dias exibem um grau de violencia sem precedentes. Não estou a dizer que deva ser proibida, mas acho que o aconselhamento e a vigilancia do estado psicologico da população, devia ser muito mais intenciva. Nomeadamente nos jovens, já que os pais que deveriam assisti-los no seu desenvolvimento social muitas vezes não o fazem, terá de ser um técnico competente a faze-lo.Quase tipo, um psicologo de família.
Por último: tenho uma bébé de 1 ano, nunca em tempo algum a deixaria desacompanhada a mais de 10m de mim. Ir jantar e deixar 3 crianças com menos de 3 anos sozinhas, mesmo que a dormir, é criminoso. Pode acontecer tudo até sufocarem. Vivo no Algarve. Pegar numa criança, meter-se no carro e arrancar de Lagoa pela Via do Infante, permite ir a Helva e voltar em menos 2horas. Quando fecharam a fronteira 12 horas depois onde já ia a criança.
Mais essa, todo o esforço deve ser louvado, mas a 1 português são necessárias 24horas para ser dado como desaparecido. Os pais da menina deviam é estar bem caladinho, em vez de dizerem mal da nossa polícia. Acredito que não será encontrada, Deus queira que esteja enganado.

Ruvasa disse...

Viva, Mac!

Sim, Deus queira que estejas enganado.

Abraço

Ruben

Klatuu o embuçado disse...

Meu caro amigo, eu pertenço a uma subcultura e orgulho-me disso, no entanto, o blog «Crónicas da Peste» não se destina a promovê-la... expresso nele as minhas inquietações e pensamentos, políticos, filosóficos e outros, enquanto criatura que tem que habitar um mundo... onde estamos todos...

Abraço.

P. S. Para essas coisas «góticas» tenho outro espaço: http://gothland666.blogspot.com/

P. P. S. Os seus outros blogs também são interessantes... Ludere me putas? :)

Ruvasa disse...

Viva, Klatuu!

Ok,já lá fui ver.

É o que eu digo: não sou muito virado para aí, mesmo porque me faz um certo "arrepio". Não sou espírito muito forte, confesso.

Mas não dispensarei uma volta de vez em quando.

O Ludere Me Putas? tinha uma finalidade que não se cumpriu. Seria a dizer a brincar coisas sérias e graves.

Abraço

Ruben

CMatos disse...

Respeito e rezo pela menina...
Mas e se fosse o meu filho, e se fosse uma outra criança aqui do interior, filho/a de um "borranca" qualquer? Existiria toda esta cobertura e todo este empenho?
Vejam o caso Joana... é bem demonstrativo!
Mundo cão...

Ruvasa disse...

Viva, CMatos!

É verdade o que diz. Mas já foi mais verdade do que é presentemente.

Actualmente, qualquer caso destes dá imensas primeiras páginas e aberturas de telejornais.

Por outro lado, nós, particulares, não conseguimos ir a todas... Se procurar na banda direita deste blog, verá, na secção "Solidariedade", o que já lá está há muito tempo e não apenas de agora, tanto no que respeita ao Banco Alimentar contra a Fome, como no apelo em prol de desaparecidos, quase todos já mais do que esquecidos da maioria de nós.

Aí, sim, o verdadeiro mundo cão. Por força das circunstâncias, por força da vida, que obriga a que se vá em frente. Não podemos esquecer uma máxima que há muitos anos adoptei para mim que mais não é a constatação de que, sem o esquecimento, a vida era impossível.

Já se deteve bem analisar o assunto?

Abraço

Ruben

Klatuu o embuçado disse...

Brincar... humor... é ainda uma das grandes armas do espírito...

Lord of Erewhon disse...

Muitas coisas luminosas nascem da treva...

Abraço.