Os portugueses têm de salvar-se de si próprios, para salvarem Portugal

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

1747. O que disse... não disse

Vicente de Moura agora não se vai embora...

* * *

Aqui está uma falação como manda a "sapatilha":

- O que eu disse deve ter sido mal interpretado pelos senhores jornalistas, porque o que eu disse foi que não disse que disse que deveria ter dito que dissera que talvez dissesse que se não dissesse seria por ter dito que iria dizer...

Bem, patacoadamente, o costume!... Como é que querem que os pobres atletas não digam coisas apalermadas?
...

7 comentários:

Isabel-F. disse...

Olá Ruben,

Bom dia.


Achei-o um verdadeiro palhaço ... 1º ia-se demitir ... como Nelson Évora ganha uma medalha, diz que talvez não ... que vai repensar a sua posição e que deve ficar ...

vergonhoso ...


beijinhos e bom fim de semana

Ruvasa disse...

Viva, Isabel!

Esta gente não consegue ter vergonha na cara, o que é que se há-de fazer?

Beijinhos e para ti também um bom fim de semana.

Ruben

Isabel Magalhães disse...

Ruben;

Eu assisto a estas coisas todas com uma sensação de VAZIO, de TRISTEZA...

Que pobreza de País! AZAR dos portugueses, com tantos sítios para nascer...

Bj e bom fim de semana.

I.

Ruvasa disse...

Viva, Isabel!

Isto já nem devia ser notícia.

É o dia a dia!...

Bj

Ruben

Marco Valle disse...

Bem acho que não podemos ser tão radicais. O velhote não tem culpa que o ensino em Portugal esteja tão mau. Que culpa tem ele que o pessoal não se saiba exprimir. Por exemplo: o Marco Fortes disse que ele de manhã é na caminha. Bem... usando o tradutor para o linguajar da juventude, o que ele queria dizer era que nem se devia ter levantado de manhã. Acho que o acordo ortográfico que nos estão a impor, não devia ser com o Brasil e os Palops, mas antes com a nossa inculta juventude.

Ruvasa disse...

Viva, Marco!

És bem capaz de estar cheio de razão.

;-)

Abraço

Alexandre

izmir evden eve disse...

thank you for sharing
info@evden-eve-nakliyeciler.com