Os portugueses têm de salvar-se de si próprios, para salvarem Portugal

terça-feira, 27 de março de 2007

957. Os iluminados de Quadrazais de Cima


A propósito da questão ALLGARVE, a TSF está a levar a efeito um dos seus habituais “fora”.

Como é norma da casa, começou por ouvir as justificações do Secretário de Estado, creio que do Turismo, cujo nome esqueci – o que me deixa perplexo pois que, quando se trata de gente que vale a pena recordar, não esqueço.

As justificações apresentadas pelo ilustre senhor são – ele certamente me desculpará, mas o termo é mesmo o que vou empregar – de um ridículo atroz. Quem não ouviu certamente não acreditará em mim. No entanto, aconselho a que se peça à TSF que as retransmita, porque valerá a pena. Quando menos, para ficarmos todos elucidados acerca de quem integra o governo de que padecemos.

Imagine-se que, para aquele senhor – certamente terá recebido o beneplácito do respectivo ministro que, por sua vez, o terá recebido também do respectivo primeiro-ministro, para fazer declarações deste teor – entende que o Algarve necessita de uma maior divulgação, que não tem!

Foi preciso chegarem ao poder estes iluminados de Quadrazais de Cima para se concluir que o Algarve não é conhecido nessa Europa!... Os 50 anos que o turismo algarvio tem de vida foram uma treta e quem vai salvar o Algarve são estes quadrazaisenses, mal saídos da casca, para redenção do turismo do Algarve!

Imagine-se que, diz o referido senhor que o ALL vai, segundo lhe transmitiram os agentes turísticos por essa Europa fora (com especial relevo para a Escandinávia, povos a quem a campanha se dirige), dar ao Algarve uma dimensão nunca vista!

Aqui, estou de acordo. Com este wise-guyism, o Algarve vai adquirir uma dimensão nunca vista. A dimensão de pacóvio.

Disse o senhor em questão mais umas coisas do mesmo teor, graça e expediente. Não as transcrevo, porque seria dar importância demais a tal discursata de momento de lazer em esplanada de café, portanto em conversa sem qualquer relevo ou consequência que, infelizmente, foi tida aos microfones de uma rádio da dimensão da TSF.

O ex-Algarve e futuro ALLGARVE vai, pois, adquirir uma dimensão que jamais teve e com que jamais se atreveu sequer a sonhar.

E daí…

Talvez que o senhor tenha razão. Talvez que também Torremolinos, seguindo a mesma linha de pensamento iluminado, passe a designar-se Torremoulinex; ou Capri adopte o mais cosmopolita Herepri, ou até Benidorm goste de passar a chamar-se Benisleep. O reino da estupidez!...

Quem sabe?!...

Mas estes senhores não se enxergam? Mas estes senhores pensam que estão ainda em Quadrazais de Cima e que nós somos todos de Quadrazais de Baixo?

Apre, que ultrapassa o inconcebível!!!

Como se não bastasse, cometem erro de palmatória.

É que, se a campanha é dirigida especialmente aos escandinavos, porquê o ALL? Lamento não saber como se diz "tudo" em sueco; mas em norueguês é ALT. Ora, assim sendo, nos fiords a campanha deve ter como lema ALTGARVE e não ALLGARVE. E, como não é necessária campanha especial para os alemães, não iremos para o ALLEGARVE, mas certamente que teremos que adoptar também o GARVE, uma vez que os chineses é que vêm aí. E em força.

Depois destas tretas – e de outras ainda piores – talvez seja pena que, na verdade, os chineses não cheguem ainda mais cedo, para nos libertarem depressa desta canga aviltante.

"Há experiências que... matam”. De ridículo! E, se não matam, pelo menos moem que se farta.

Raios parta a nossa sorte! Antes a morte!
......
Última hora:
Consta por aí que o presidente do PS, aderindo a esta espectacular campanha e disponibilizando-se para dar uma ajudinha, está já na bicha da Conservatória, para requerer a alteração do apelido. Quer ser, a partir de agora,
ALLMEIDA Santos. Também ele, vaidoso que é, quer ser mais conhecido por esse mundo fora... e houve uns agentes turístico-políticos da Kapadokya que lhe disseram que, se fizer esta alteração, vai ser canja!...
...
NB.- Evidentemente que os naturais, residentes e descendentes de gente de Quadrazais, tanto de Cima como de Baixo, não têm quaisquer culpas no cartório e a referência que se lhes faz não contém quaisquer intuitos ofensivos.
...


ADENDA, na mesma data, pelas 13,25 horas:

Bem me parecia que estava a esquecer uma das justificações, talvez a mais interessante e ilustrativa de todas quantas o senhor Secretário de Estado apresentou ao povoléu, qual seja a seguinte:
...
- Quando não fosse por outro motivo, só por causa da polémica que tem levantado, a campanha é já um sucesso, pois toda a gente fala no assunto.
...
Estamos a ser governados por esta ilustríssima e ilustradíssima forma! Abençoados sejam e que Deus os conserve assim como são, para gáudio do pagode!!!
...

2 comentários:

O Raio disse...

Fui ao Babel fish fazer umas traduções e tenho as seguintes propostas:

holandês - allengarve
alemão - allegarve
grego - όλοιgarve
italiano - tuttigarve
japonês - すべてgarve
coreano - 모두garve
russo - всеgarve
chinês (simp) - 所有garve

O que seria uma delícia e para preparar o nosso primeiro para voos internacionais quando deixar a cadeira de Primeiro Ministro, era ele alterar o nome de Sócrates para um dos seguintes:

Onlycrates
slechtscrates
seulementcrates
nurcrates
μόνοcrates
soltantocrates
ただcrates
단crates
толькоcrates
solamentecrates
只crates


Quanto ao Ministro Pinho recomendo que passe a usar a versão holandesa do seu nome, Pijnboom que tem a grande vantagem de ninguém conseguir pronuncia-la...

Ruvasa disse...

Viva, Raio!

Esse foi um excelente trabalho que o Raio fez.

Uma sugestão: E que tal enviar essas hipóteses todas para "eles". Pode ser que as aproveitem.

"Pijnboom" é bem achado. Como bem achados são os do noss'primêro. Mas, para esse, dou mais uma sugestão: "hipocrates" (não confundir com Hypocrates), ou mesmo "hipercrates", que seria o cúmulo do outro, o "hipo".

Não conhecia a existência do Babel Fish. Tenho-me ficado pelo Freetranslation e pelo Google. Hei-de ir lá dar uma espreitadela.

Abraço

Ruben