Os portugueses têm de salvar-se de si próprios, para salvarem Portugal

quinta-feira, 10 de julho de 2008

1597. "O Estado da Nação"

Imagem picada de Sic Online

É mau, muito mau mesmo. O Estado da Nação. A Nação está de rastos. E, com o grande timoneiro actualmente no poleiro, não vai levantar-se, nem para andar de gatas, muito embora essa seja a especialidade dele, lá fora, perante os seus "pares".

Na verdade, o Sousa lá está de novo aos berros no hemiciclo. É recorrente, como as ondas a baterem na praia e a desfazerem-se a cada investida.

O homem apenas sabe falar aos berros, como uma varina a apregoar "chaputa fresquinha!", em qualquer mercado da beira-mar. E vá lá... vá lá, que hoje ainda não o vi pôr as mãos nas anquinhas. Se calhar distraí-me...

Há apenas uma pequena diferença entre a tal varina e o Sousa: enquanto que a varina tem justificação para berrar como uma desalmada, porque, para vender o seu peixe, tem que se fazer ouvir no meio de toda a algazarra do mercado, o Sousa, embora precise também de se fazer ouvir por sobre a algazarra que ele próprio, esganiçado, faz, dispõe, para a venda do seu, de aparelhagem sonora que lhe permite falar em tom de gente civilizada e... fazer-se ouvir comme il faut.


Com aquela berraria toda, já ninguém tem pachorra para o ouvir. Safa! Foge!

Tira-se daqui ainda outra conclusão, qual seja a de que quanto à varina, a gente ainda pode ficar em dúvida acerca da educação recebida ou de uma necessidade real de gritar aos quatro ventos; quanto ao Sousa, não temos mesmo qualquer dúvida.

E já nem falo do tom chocarreiro que le pauvre utiliza e que talvez alguém que o assessora mas que dele não gosta, com verdadeira má fé lhe terá assegurado que é o tom dos grandes tribunos. Enfin!
...

6 comentários:

expressodalinha disse...

TERTÚLIA VIRTUAL DIA 15, 3ªFEIRA. TEMA: O MELHOR LUGAR DO MUNDO.

Ruvasa disse...

Viva, Jorge!

Obrigado pelo lembrete. Está lembrado e preparado para ser inserido no dia aprazado.

Abraço

Ruben

Isabel Magalhães disse...

Ruben;

Eu fugi... 'quer-se dizer' fiz zapping!

;)

[[]]

I.

Ruvasa disse...

Viva, Isabel!

Eu não, porque gosto de estar em condições de poder falar acerca do que por lá se vai passando.

Confesso, no entanto, que, enquanto que a princ+ipio, aguentava a sessão inteira, à medida que o Sousa foi "refinando", comecei a encurtar a minha atenção e hoje limito-me a assistir a um bocado aqui e outro bocado ali, entremeados por sa´+idas apressadas para ir à "casa da rosa chamar pelo gregório".

É que - e peço desculpa pela brejeirice da frase - não h
a asshole que aguente!... O homem ultrapassa "tudo quanto a antiga Musa cantava".

Safa!!!

[[]]

Ruben

Isabel Magalhães disse...

Pois... o meu zapping serviu para 'ir dar banho ao cão'... lol

[]

I.

Ruvasa disse...

Viva, Isabel!

Então já serviu para alguma coisa de jeito...

;-)))

[]

Ruben