Os portugueses têm de salvar-se de si próprios, para salvarem Portugal

terça-feira, 19 de junho de 2007

1136. Pouco a pouco as coisas vão-se sabendo...


Sócrates pediu rapidez à CIP no estudo alternativo



FRANCISCO ALMEIDA LEITE

José Sócrates, nas conversações que manteve com a Conferderação da Indústria Portuguesa (CIP), deu o seu aval ao estudo à localização alternativa do novo aeroporto internacional de Lisboa e chegou a pedir pressa aos empresários. Quem o diz é Francisco Van Zeller, em declarações ao DN: "O primeiro-ministro pediu-nos para não demorarmos muito, por causa dos prazos do Governo e por dois motivos, que eram a privatização da ANA e a presidência portuguesa da União Europeia."
(...)

DN, 2007Junho19

(ver notícia completa aqui)

* * *

Ora, faça o favor de reler os meus posts 1133 e 1134, os dois anteriores, portanto, e diga-me se é como ali digo ou não...
...

6 comentários:

Sulista disse...

pois é...tudo se confirma :-(


BEijinho

Isabel Magalhães disse...

Caro Ruben;

Também soube disto à chegada, num 'pôr em dia' das conversas de família, e pareceu-me altamente 'estranho' aparecer assim um grupo de empresários 'out of the blue' com um novo projecto. :)

Com 'calma' vamos tomando conhecimento mas fica sempre muito no segredo dos deuses...

[]

I.

Ruvasa disse...

Viva, MJoão!

Quer eles queiram quer não, as coisas acabam por se saber. Até porque, como dizia a minha avo torta, a mentira tem perna curta, pelo que longe não vai...

Beijinhos

Ruben

Ruvasa disse...

Viva, Isabel!

"out f the blue" e "out of everything", sem dúvida.

É o que faz ser o país pequeno. Todos se conhecem, todos vão às mesmas missas, todos são primos e primas.

Facto de que ressalta outra anomalia grave nossa. Como somos todos primos e primas, acabamos por casar uns com as outras e vice-versa.

O resultado tinha que fatalmente ser o que é...

[]

Ruben

carneiro disse...

Eu estou como o Homem da Sonae: não disponho de informação suficiente para assumir uma posição definitiva.

Tanto mais que a informação tem sido contraditória, falaciosa e obviamente manipulada.

Graças ao Ruben e ao seu trabalho profundo e sério neste blog tenho tido uma abordagem ao problema sem preocupações de estar a ser manipulado.

Obrigado pela sua seriedade e profissionalismo (que não encontro nos 'profissionais' da informação)

Ruvasa disse...

Viva, Carneiro!

Só com uma diferença substancial: é que o homem da Sonae não está como diz. Sabe muito mais do que diz. Simplesmente, por razão por nós ignorada, talvez não lhe convenha - ou não lhe interesse - meter-se na questão. O que é surpreendente, porque não há quase nada ao nível de decisões deste tipo no País em que ele não bote opinião e, na maior parte das vezes, bem acerba.

Talvez que nesta oportunidade, tenha resolvido deixar que outros avançassem e tenha ficado de balcão a apreciar o espectáculo, para decidir qual o melhor momento de intervir e em que circunstâncias.

Em todo caso, é muito de estranhar o "belmiriano" silêncio - que pdera ser "belmiriano", sim, mas que não é, com toda a certeza, meridiano.

Quanto ao resto que o Carneiro afirma, nem lhe presto atenção, pois que só a sua tradicional amabilidade tal permitiu. É que, para desgosto me, mais não sei do que o que vou lendo, ouvindo e lendo por aqui e por ali e, a partir disso, tirando algumas conclusões possíveis e intuindo outras, já que não disponho de canais de informação privilegiados e nem aspiro a fazer trabalho que outros, com carteira profissional, têm a obrigação de fazer, ma não fazem.

Por outro lado, na Blogosfera, sim, ao lado de muita gente que realmente nada diz capazmente, há verdadeiros peritos em investigação e com uma coragem que assombra.

É acabrunhante ter que dizer esta frase, em Portugal, em 2007: "com uma coragem que assombra"...

Abraço

Ruben